Caves do Vinho do Porto – Cálem

O vinho do Porto é apreciado mundialmente sendo famoso desde do século XVI. Apesar de ser chamado Porto este não é produzido no Porto, mas sim na região demarcada do Douro a cerca de 100 km do Porto. Após a sua produção no Douro o vinho era transportado pelo rio Douro em barcos rabelo até às enumeras caves no Porto onde era deixado a envelhecer nos barris. Para conhecer melhor a história do Porto e do vinho do Porto é obrigatório uma visita às caves. As caves e o vinho moldaram e definiram a história da cidade do Porto.

Há várias caves das marcas principais do vinho do Porto na margem sul do rio Douro em Vila Nova de Gaia, neste artigo vamos explorar mais concretamente as Caves Cálem. Fizemos uma análise de tudo que precisa de saber para visitar as caves Cálem. Não fomos de forma alguma patrocinados pelas caves Cálem e a nossa avaliação é baseada na nossa experiência pessoal.

Caves Cálem

O Vinho do Porto Cálem foi fundado em 1859 por António Alves Cálem e manteve-se na família durante 4 gerações. António Cálem era um empreendedor e aventureiro e destingiu-se por exportar o vinho do Porto para o Brasil. Naquela altura o vinho do Porto era maioritariamente exportado para a Grã-Bretanha. Cálem começou por exportar vinho do Porto para o Brasil e em troca recebia madeiras exóticas que era utilizada na construção de navios. Daí o logo da Cálem ser uma caravela.

Os vinhos Cálem são produzidos na zona de Cima Corgo e Douro Superior, e posteriormente são transportados para as caves onde ficam a envelhecer nos tonéis e barricas. Uma das quintas onde o vinho do Porto Cálem é produzido é na Quinta de Arnozelo e no Centro de Vinificação em São Martinho da Anta.

O Cálem tem uma gama de vinhos do Porto que inclui o Branco, o Tawny, o Ruby e o Rosé. O vinho do Porto mais vendido produzido pelo Cálem é a gama “Os Velhotes” um Tawny, sendo o vinho do Porto mais consumido pelos Portugueses.

Em 1998 o Calém foi vendido e passou a fazer parte do grupo galego Sogevinus Sa. Um grupo que tem várias empresas no sector vinícola como a Kopke, Quinta da Boavista, Burmester e Barros.

Caves do Vinho do Porto- Cálem
Caves Cálem na margem sul do Rio Douro

O que inclui a visita às caves Cálem

As caves Cálem são uma das caves mais visitadas no Porto. O tour às Caves Cálem inclui uma visita ao museu sobre o vinho do Porto, à zona onde se preserva o vinho e no final uma degustação de vinho do Porto. As visitas são feitas com um guia que irá acompanhar-lho durante toda a visita. O guia explica o processo de fabricação e envelhecimento do vinho do Porto e elucida qualquer dúvida que possa surgir. Há visitas guiadas em várias línguas Português, Espanhol, Francês e Inglês.

A visita começa no pequeno museu sobre o vinho do porto e a marca Cálem. Durante a visita ao museu vai aprender sobre as vinhas, a região demarcada do Douro, e sobre os diferentes tipos e características do vinho do Porto. Também vai explorar um pouco a história do vinho do Porto e em particular sobre a marca Cálem.

O museu é bastante interactivo com projecções de fotos e tem ecrãs tácteis que se pode explorar livremente. Uma das actividades mais engraçadas do museu é uma exposição com vários tipos de vinho do Porto, onde se pode analisar as diferentes características do vinho como a cor e o cheiro. O objectivo é tentar adivinhar qual o tipo vinho do Porto. O museu apesar de ser pequeno é interessante e divertido.

Depois do museu a visita prossegue para a adega, onde se encontram os barris de carvalho onde envelhece o Porto. Antes de visitar o interior das caves há uma projecção nas barricas de vinho com alguns factos relacionados com os barris, a sua construção, o tamanho e sobre as caves em si. Seguidamente vamos para a zona de armazenamento do vinho com os diferentes tipos de barricas, barris e toneis. Só é permitido visitar uma pequena parte da adega, por isso acaba-se por não ter a noção do tamanho das caves. Finalmente vamos para degustação de vinhos que é feita por cima das caves numa sala grande com centenas de garrafas de vinho do Porto.

O que inclui a visita às caves Cálem
Museu interactivo das Caves Cálem

Degustação de vinhos

Na degustação de vinhos pode provar 2 ou 3 tipos de Porto consoante o bilhete que comprou:

  • O bilhete standard (14€ adultos) inclui vinhos: Cálem Fine White e Cálem Special Reserve Tawny;
  • O bilhete premium (17€ adultos) inclui 3 vinhos: Cálem White & Dry, Cálem Tawny 10 Anos, e Cálem L.B.V.

Durante a degustação o guia explica as diferentes características do vinho e a melhor forma de degustar o vinho.

No final da visita, à saída das caves tem uma loja de vinho do Porto Cálem onde há dezenas de vinhos do Porto e as diferentes variedades e anos de produção. É o sítio ideal para comprar um presente ou até uma recordação da visita.

Degustação de Vinhos nas Caves Cálem
Sala para a degustação de vinho

Como visitar as Caves do Vinho do Porto Cálem

A forma mais fácil de fazer uma visita é comprar o bilhete directamente no site oficial do Cálem. Pode escolher a hora e o idioma da visita, o processo é muito fácil. Há diferentes tipos de bilhetes com diversas opções como assistir um espectáculo de fado ou degustação de vinhos com queijo.

Como referimos anteriormente o preço base da visita é 14€ adultos, que inclui a visita às caves e a degustação de 2 vinhos. Menores de 10 anos não pagam e as crianças dos 11 a 17 pagam 50% (6€). As visitas são acessíveis a pessoas com diminuição de mobilidade, e cadeiras de rodas.

O horário das visitas é das 10h às 19h no Verão (Maio a Outubro) e das 10h às 18h (Novembro a Abril), ultima entrada é uma hora antes do fecho.

Pode também comprar um bilhete directamente à entrada das Caves Cálem mas não aconselhamos esta opção, especialmente na época do verão. Geralmente há muitos visitantes nas caves e pode correr o risco de não conseguir uma vaga.

Outra hipótese é comprar um pack que inclui um passe de dois dias no autocarro turístico, uma viagem num cruzeiro e o bilhete de entrada nas caves Cálem. Ficando tudo por 25,50€ acaba por ser uma opção mais barata e completa que vale bem a pena o preço mas implica estar no Porto por algum tempo.

Como visitar as Caves do Vinho do Porto
Loja de vinhos do Porto das Caves Cálem

Avaliação das caves Calém

No geral gostamos da visita às caves Cálem e recomendamos estas caves a quem visitar o Porto pela primeira vez.

O guia foi capaz de manter a visita interessante e teve muita paciência, respondeu a todas as nossas dúvidas e não foram poucas. Como visitamos as caves numa época extremamente baixa, tínhamos poucas pessoas no grupo, e a visita teve uma duração maior que os habituais 30 minutos.

No entanto, temos pena que não exista a possibilidade de explorar mais a adega em si.

O preço de entrada é parecido às outras caves, ronda os 14 a 18€, que pode parecer um pouco caro mas tem que se ter em conta que há a degustação dos vinhos do Porto.

Caves do Vinho do Porto - Cálem
Projecção nos Baris

Outras caves

Na margem sul do Rio Douro encontra muitas mais caves, 15 caves em concreto, que também podem ser interessantes de visitar, mas depende do tempo que tem para visitar a cidade.

Outras caves que sugerimos visitar são: Caves Taylor’s, Caves Ferreira, Caves Ramos Pinto, Caves Real Companhia Velha, Sandeman, Offley, Churchill’s, Cockburn’s.

Pin

Caves do Vinho do Porto - Cálem

Sharing is caring!

So glad to see you are interested in Portugal

Want to be the first one to receive the new Portugal stuff?

Enter your email address below and we'll send you the goodies straight to your inbox.

Thank You For Subscribing

This means the world to us!

Spamming is not included! Pinky promise.