Penedo Furado – Praia, passadiços, cascatas e miradouro

A primeira vez que ouvimos falar do Penedo Furado foi por causa da bonita praia fluvial, uma das mais popular no centro de Portugal. Depois lemos que haviam uns passadiços que levavam a quedas de água, um miradouro, e ainda um fóssil com 480M de anos… Claro que com tudo isto, tínhamos de lá ir… não é?

Como já estão a perceber esta área agrega bastantes coisas para ver e fazer, mas o que ainda não sabem é que tudo isto pode ser feito com um pequeno trilho. Todas estas coisas estão ligadas por trilhos, passadiços e pontes! Aqui vamos explicar o percurso que criamos e que vos permitirá ir a todas as atracções turísticas no Penedo Furado. 

Miradouro do Penedo Furado
Miradouro do Penedo Furado

Resumo do trilho do Penedo Furado

  • Nome: trilho do Penedo Furado (não é trilho oficial)
  • Inicio: Miradouro ou praia fluvial
  • Fim: o mesmo que inicio
  • Distancia: Cerca de 3 km
  • Dificuldade: Fácil, mas com uma subida e descida inclinada
  • Máx/min: Não Disponível
  • Desnível Acumulado: Não Disponível
  • Tipo: Circular
  • Sinalização: Não existe sinalização oficial, mas é relativamente fácil de seguir
  • Destaques: Praia, Queda de água, passadiços e miradouro do Penedo furado, Bicha Pintada
Miradouro das Fragas do Rabadão

Nota: Tanto quanto conseguimos verificar não existe um trilho oficial que ligue estes destinos, mas acaba por ser um percurso bastante fácil de seguir e que leva a todos os lugares obrigatórios no Penedo Furado. 

Trilho do Penedo Furado

É possível começar o trilho na praia ou no miradouro. Em ambos os casos temos parques de estacionamento, fazendo com que sejam os lugares naturais para iniciar/terminar a viagem. 

Quando o fizemos, começamos e terminamos no miradouro, e é este o percurso que vamos descrever.

O miradouro do Penedo Furado é bem antigo, feito de pedra há muitos anos atrás. As vistas para o vale, a praia e o Zêzere estão lá todas, mas o miradouro em si, está a precisar de uma remodelação. Junto ao Miradouro (lado direito) existe um pequeno trilho que desce em direcção ao rio, e é por aí que deve seguir.

Depois apenas alguns metros de descida chegamos ao lugar que dá o nome a tudo isto, o “Penedo Furado”, que é exactamente isso, um enorme penedo com um buraco redondo. A melhor parte é que dada a dimensão do Penedo Furado, o trilho passa mesmo pelo meio deste, antes de continuar a descer.

trilho do Penedo Furado
O Penedo Furado

Praia do Penedo Furado

Depois de fazemos algumas centenas de metros neste percurso, sempre a descer, chegamos ao nível do rio, e à praia do Penedo Furado. Esta é a praia mais conhecida e popular de Vila de Rei, e é também uma das melhores de toda a região. A sua água límpida e transparente passa por uma secção rochosa, onde é ancorada criando um bonita piscina fluvial. É excelente tanto para adultos como crianças. Notem que a praia apenas funciona no Verão, quando o dique está fechado. 

Também na margem direito da Ribeira de Codes, e mais ou menos por baixo do miradouro, vai encontrar a famosa “bicha pintada” – um fóssil que os estudiosos dizem ter mais de 480 Milhões de anos. Está inserido numa rocha de quartzite cinzenta escura com cerca de 30 centímetros de espessura. 

Recomendamos vivamente que explore e tire o máximo proveito desta zona antes de avançar. Ou, tal como sugerimos anteriormente, pode vir de carro até aqui e começar e terminar cá o trilho. Tem a vantagem de poder ficar na praia a relaxar no fim…

Praia do Penedo Furado, ainda vazia

Passadiços do Penedo Furado

Os passadiços são visíveis da praia, pois iniciam-se a apenas alguns metros desta. Estes são relativamente curtos, com apenas 700 metros e levam-nos até às cascatas do Penedo Furado. O percurso é praticamente plano, e muito fácil de fazer. 

Além da inegável beleza natura de toda a área, a principal razão para a construção dos passadiços foi permitir fácil acesso às quedas de água. Por isso, no fim destes vai encontrar uma pequena ponte e as esperadas cascatas. Lá pode-se absorver toda a beleza circundante, mergulhar nas piscinas naturais por baixo das quedas e claro, eventualmente continuar o percurso, agora atrás de um antigo trilho.

Passadiços do Penedo Furado
Passadiços do Penedo Furado

As quedas de água do Penedo Furado

As quedas são relativamente pequenas, mas são bem bonitas. É mais uma série de pequenas cascatas com lagoas ou piscinas naturais entre elas. Aqui existem imensas oportunidade para fotos, e à medida que vamos pelo antigo trilho esculpido nas rochas e descobrindo novas quedas, lagoas e vistas mais aparecem. 

Este antigo trilho leva-nos através de escadas e pontes que atravessam o rio varias vezes num espaço de apenas algumas dezenas de metros. Toda esta área é maravilhosa e à medida que subimos, conseguimos ver este cenário de um ângulo superior.

Cascatas do Penedo Furado
Cascatas do Penedo Furado

Esta secção segue o trilho das Burafeiras, mas eventualmente, esse trilho segue pela esquerda e nós queremos continuar em frente para uma última ponte de pedra e depois subimos entrando na fase mais íngreme deste percurso. Aqui continuamos a subir, até chegar ao miradouro das fragas do Rabadão.

Miradouro das fragas do Rabadão

A subida para o miradouro é a parte mais difícil deste curto trilho, mas dado que não é muito longe qualquer pessoa com alguma mobilidade conseguirá fazê-la. É inclinada mas curta. Além do mais, se precisar de descansar, pode sempre parar uns minutos para apreciar as vistas para a albufeira de Castelo de Bode, as fragas, as cascatas e ainda para as várias estátuas e estatuetas de nossa senhora oferecidas por populares

O miradouro das fragas do Rabadão é a última paragem desta caminhada. De lá até ao final são apenas uns 200 a 300 metros pela estrada principal. Notem que não há passeio, pelo que tenham atenção com os carros.

Vista do Miradouro das fragas do Rabadão
Vista do Miradouro das fragas do Rabadão

Nota importante: Infelizmente, nesta zona não rede nem GPS (pelo menos nós não tínhamos). Assim, as distancias, direcções e altitudes são um pouco mais difíceis de estimar. No entanto, o trilho é curto, fácil de seguir e as distancias entre atracções são sempre muito reduzidas. A única que pode causar dúvidas é quando deixamos o trilho das Burafeiras e seguimos para o miradouro. 

Melhor altura para ir ao Penedo Furado

Este é um destinos que é claramente muito mais divertido de verão, quando está sol e quentinho, mas notem que no pico do verão esta região pode ser extremamente quente. Queremos quentinho e não um inferno! Além do mais, o pico do verão é claramente a altura em que tem mais gente, pelo que aconselhamos que evite fins de semana.

Assim, a altura ideal para ir será em Junho ou Setembro, quando o tempo está quente mas não demasiado. É também mais provável que esteja alguma gente, mas não demasiada e poderá usufrui da praia em paz. Se apenas quer fazer o trilho, ver as cascatas e miradouros, este é um destino para todo o ano. Apenas tem de evitar dias de chuva. 

É possível fazer em família?

Apesar de ser um percurso bastante curto, tem 3 partes diferentes bem visíveis: uma subida inclinada, uma zona plana e uma descida suave. Não é necessário estar em forma para fazer este trilho mas não poderá ter problemas de mobilidades. Acreditamos que é fácil de fazer o trilho com crianças (até por ser curto) pelo que é claramente um trilho para se fazer em família.

Por outro lado, fazer com crianças de colo, ou idosos com mobilidade reduzida poderá ser mais problemática, mas se iniciar o percurso em na praia, pode facilmente ir até as cascatas e voltar, pois toda esta zona é muito fácil e pode ser feita por toda a gente.

Tudo o que precisa de saber para ir ao Penedo Furado
Uma das muitas cascatas, vista de cima

O que levar para o Penedo Furado?

Como já referimos varias vezes, o trilho é bem curto pelo que não precisa de levar nada de especial consigo. Se estiver quente, leve água claro! Mas se quiser passar algum tempo nas cascatas e praia, levar levar:

  • Água e bebidas (mínimo de 1l por pessoa)
  • Snacks
  • Sapatilhas para a caminhada
  • Roupa confortável
  • Óculos de sol, chapéu, e protector solar
  • Roupa de banho
  • Máquina fotográfica ou smartphone para tirar algumas (muitas) fotos.
  • Uma mochila para levar tudo.

Como sempre, por favor não façam lixo. Traga tudo o que levar consigo.

Como ir ao Penedo Furado?

O penedo furado fica muito perto da agora muito popular N2, pelo que é bastante fácil lá ir. Apenas necessita de sair em Milreu, quando aparece o sinal a indicar Penedo Furado. É uma estrada municipal, mas está em boas condições.

Tanto quanto sabemos, não existe uma forma fácil de ir ao Penedo Furado usando transportes públicos.

Como ir ao Penendo Furado?

Onde ficar no Penedo Furado?

Não existem opções de alojamento no Penedo Furado, pelo que temos de procurar um pouco mais além. O que existe relativamente perto é uma das mais bonitas aldeias do xisto, Água Formosa. Assim, as nossas sugestões são: ficar em Água Formosa ou em Vila de Rei.

Água Formosa é um excelente destino em si mesmo, pelo que junta-los e visitar ambos na mesma viagem é a coisa natural a fazer. Para passar a noite em Água Formosa existem duas boas opções a Casa da Eira e a Casa Nascente. São bastante semelhantes – casas tradicionais onde se sente aquele típico charme rústico das Aldeias do Xisto.

Em Vila de Rei existem mais opções, no entanto a que mais nos chama atenção devido à boa relação preço qualidade é o Hotel Vila de Rei, com os seus quartos confortáveis e agradáveis.  Veja aqui.

Ou pode simplesmente usar o mapa abaixo e procurar o seu alojamento favorito perto do Penedo Furado.

Booking.com

O Penedo Furado é um dos lugar mais místicos desta região de Portugal. Os mitos, histórias e lendas contados e passados entre gerações são também uma parte importante da história do Penedo Furado. Tudo isto em conjunto com a beleza natural do lugar, formam um excelente destino de viagem!

Sharing is caring!

shares