Onde ficar em Lisboa – melhores hotéis e zonas

Ao planear uma viagem a Lisboa, uma das primeiras e mais importantes decisões é onde ficar. Lisboa é a capital, a maior cidade de Portugal e também o maior centro turístico do país. Assim, as opções de alojamento são imensas e variadas – desde grandes hotéis internacionais e hotéis de charme até guest houses, apartamentos turísticos e hostels baratos. Neste artigo, vamos ajuda-lo a explorar onde ficar em Lisboa, dividindo-a em zonas/bairros como a Baixa, Chiado, Bairro Alto, Av. Liberdade, Graça, Belém, Parque das Nações, etc.

Assim, vamos explicar as vantagens e desvantagens de ficar em cada um destes bairros, além de sugerir alguns dos melhores alojamentos em cada uma destas zonas. Para elaborar esta lista tomamos em consideração algumas características dos hotéis como: Preço e relação qualidade/preço, localização, qualidade do serviço, conforto, design/charme, e outras amenidades.

Lisboa é uma cidade bastante grande, e apesar de muitos das melhores atracções estarem concentradas em algumas zonas, é aconselhável a utilização de transportes públicos para algumas deslocações. Ainda assim, escolhendo um bom alojamento numa das melhores zonas para ficar em Lisboa, faz toda a diferença.

Onde ficar em Lisboa

Baixa e Rossio – O coração do Lisboa

A Baixa é a zona premium de Lisboa, tanto em termos de turismo como comercial. Também chamada de Baixa Pombalina por ter sido arquitectada por Marquês de Pombal após ter sido completamente destruída pelo terramoto e maremoto de 1755, destaca-se por ser plana, ao nível do rio e com ruas paralelas e perpendiculares.

A arquitectura da baixa é grandiosa e reflecte as tendências do século XVIII e XIX. É que se encontra o Terreiro do Paço, a famosa calçada portuguesa da praça do Rossio, o elevador do Carmo e claro o belíssimo Arco da Rua Augusta. No entanto, a maior vantagem de cá ficar é que fica mesmo no centro e perto de quase todas as grandes atracções de Lisboa, com excepção de Belém.

Actualmente é a zona mais movimentada de Lisboa e mesmo em época baixa tem sempre muita gente, e muitos turistas. Por isso mesmo, na baixa irá encontrar restaurantes e bares sem fim, e a oferta de alojamento é actualmente enorme, mas os preços são normalmente bem caros devido à localização.

Por outro lado, para algumas pessoas pode até ter demasiado movimento e ruído, mas é sem dúvida um local a não perder em Lisboa. No geral é a melhor zona (em conjunto com o Chiado) para ficar em Lisboa, e é boa para qualquer tipo de turista, mas especialmente para os que querem ficar perto de tudo, e não se importam de pagar um pouco (bastante) mais por isso.

Onde ficar em Lisboa
Praça do Comércio na baixa de Lisboa

Melhores hotéis da Baixa / Rossio

O muito popular Hotel da Baixa é a nossa sugestão para a Baixa. É um excelente hotel 4 estrelas, muito acolhedor e confortável, e com um design que conseguiu integrar a estrutura histórica do edifício com decoração moderna. Veja os preços aqui.

Caso queira uma opção de ainda maior luxo, então sugerimos a Pousada de Lisboa, cujos os elegantes quartos ficam virados para o Terreiro do Paço. Não se pode pedir melhor, pois não? Marque aqui.

Se quiser um alojamento mais jovem, existem duas opções incríveis na baixa. Tanto o Yes Lisbon Hostel como o Home Lisbon Hostel já foram considerados dos melhores a nível internacional e oferecem uma excelente relação qualidade/preço. Por tudo isto, tendem a ficar esgotados muito rapidamente.

Chiado – A melhor zona para se hospedar em Lisboa

Tal como a Baixa pombalina, o Chiado tem imenso movimento, inúmeros bares e restaurantes mas já fica numa das encostas (a Oeste da Baixa) não é plano como a baixa, o que torna as caminhadas um pouco mais duras. Por outro lado, apesar do imenso turismo ainda mantém algum do charme lisboeta.

É no Largo do Chiado que irá encontrar o famoso café a A Brasileira, e a ainda mais famosa estátua de Fernando Pessoa. As ruínas do Convento do Carmo, o Museu Nacional de Arte contemporânea, o MUDE e Livraria Bertrand também cá ficam. Além disso, fica muito perto do Bairro Alto (para cima) e do Cais do Sodré (em direcção ao rio) pelo que é óptimo para quem quer tirar partido da vida nocturna lisboeta.

Aconselhamos o Chiado a praticamente todos os turistas que não se importem de pagar um pouco mais por estar provavelmente na melhor zona de Lisboa. É óptimo sobretudo para quem ainda não conhece a cidade, e para quem tem pouco tempo, pois está muito perto de grande parte dos locais de visita obrigatória.

A melhor zona para se hospedar em Lisboa
As ruínas do Convento do Carmo

Opções alojamento no Chiado

No Chiado o Lisboa Carmo Hotel destaca-se pela qualidade de serviço e conforto e uma decoração clássica mas contemporânea. Nos pisos mais elevados obtém-se uma bela vista sobre o Rio Tejo e a área histórica de Lisboa. É um 4 estrelas de muito boa qualidade. Veja aqui os preços.

Se quiser uma opção um pouco mais em conta, o Hotel Borges Chiado é dos hotéis com melhor relação qualidade preço, e por isso é também dos mais popular no chiado. É um hotel histórico com uma localização perfeita. Veja mais informação aqui.

Não há muitas opções de baixo custo no centro de Lisboa e no Chiado, ainda mais complicado. O Lx center Chiado é uma excepção e por isso o recomendamos, a todos os que querem ficar na melhor zona de Lisboa e mesmo assim manter um orçamento equilibrado. É um hostel, por isso tem naturalmente um ambiente mais jovem e animado.

Bairro Alto e Cais do Sodré – Melhores zonas para a night

Estes são 2 bairros separados e apenas estão juntos nesta lista pois têm características semelhantes. O Cais do Sodré fica abaixo do Chiado, junto ao rio, enquanto que o Bairro Alto fica na zona acima do Chiado, como o próprio nome indica.

O Bairro Alto e o Cais do Sodré são as zonas da night de Lisboa, e por isso são também bastante ruidosas durante a noite. Assim, se tiver sono leve, ou não estiver muito interessado em animação e vida nocturna, estes não são os bairros para si.

No Cais do Sodré vai encontrar o Mercado da Ribeira (por vezes chamado Timeout), enquanto que no Bairro Alto temos de referir as famosas Casas de Fado. Não espere dormir muito em qualquer uma destas zonas, mas note que o Bairro Alto durante o dia é um lugar completamente morto e sem alma.

Melhores hoteis em Lisboa
Bairro Alto em Lisboa

Alojamento no Bairro alto e Cais do Sodré

Quantas vezes ficou num hostel de estilo Arte Déco localizado num palácio renovado e que oferece vistas para São Pedro de Alcântara e para o Rio Tejo? Isso é o que o The Independente Hostel & Suites. Tem hostel com quartos partilhados e tem suites, pelo que é adequado tanto para backpackers como para casais. É uma excelente opção no Bairro Alto.

Também no Bairro Alto, mas numa rua menos ruidosa encontramos a Casa das Janelas com Vista, que além de uma vista fabulosa, oferece um charme acolhedor e uma decoração lindíssima. Este e uma daqueles apartamentos que dá gosto ver, mas ainda mais ficar lá. Marque aqui a sua estadia.

No Cais do Sodré aconselhamos o Lost inn Lisbon Hostel pois é um dos melhores hostels de Lisboa. Tem um ambiente fantástico, mantendo níveis de conforto razoáveis. É óptimo para viajantes jovens (em idade e espírito). Veja aqui se está disponível.

Se quiser ficar no Cais do Sodré, mas mantendo níveis de conforto e luxo máximos a opção é clara, o Corpo Santo Lisbon Historical Hotel. Este hotel é simplesmente fantástico. As 5 estrelas e o rating soberbo de viajantes anteriores não enganam! Vejam mais informações aqui.

Príncipe Real

O Príncipe Real é uma das zonas mais nobres e exclusivas de Lisboa, e por isso os alojamentos aqui tendem a ser bem caros e luxuosos. É um bairro mais calmo, sem a confusão do Chiado/Baixa.

Apesar de ser ao lado do Bairro Alto, tem uma atmosfera bem diferente, própria mais de um bairro residencial mas com pequenos restaurantes e cafés cheios de charme. É um bairro que está muito na moda entre turistas que não querem ficar no meio da confusão, mas ainda a uma distancia relativamente curta.

Um dos pontos negativos é não ter metro, bastante menos transportes públicos que a maior parte dos outros bairros da lista. Dadas as características deste bairro, muitas das opções de alojamento são apartamentos turísticos, ou casas renovadas.

Aconselhamos o Príncipe Real a todos os que não querem ir para o meio da confusão do Chiado/Baixa, aos que gostam de ter mais uma sensação de serem moradores do que turistas e a quem prefere alugar apartamentos a ficar em Hotéis.

Melhores hostels em Lisboa
Vista da baixa de Lisboa

Príncipe Real – Melhor alojamentos

O melhor hotel do Príncipe Real é sem duvida o Memmo Príncipe Real. Este 5 estrelas é a opção perfeita para quem quer usufruir de Lisboa ao máximo, com conforto e luxo. Disponibiliza também uma piscina exterior e área de estar com vistas panorâmicas para a cidade. Veja os preços e disponibilidade aqui.

Mas como dissemos antes, a área do príncipe real é marcada por casas que foram renovadas e transformadas em Guest houses, como a Casa do Príncipe e a Casa do Jasmim by Shiadu. Estas são absolutamente deslumbrantes, com uma decoração e arquitectura lindíssima.

Caso queira opções ligeiramente mais em conta, mas ainda assim com excelente conforto e design, aconselhamos a Casa de Sao Mamede Hotel e a Flores Guest House.

Avenida da Liberdade – Melhor zona para turismo de negócios perto do centro

A Av. da Liberdade é a avenida central de Lisboa, onde ficam os grandes hotéis internacionais, as lojas de marca, grandes empresas, e por aí fora. Liga a Praça dos restauradores na zona da baixa à praça do Marquês. Assim, não é propriamente um bairro mas toda a zona envolvente a esta Avenida.

Dadas estas características a Avenida da Liberdade é tem óptimos acessos, com imensos autocarros e e estações de metro, pelo que acaba por ser uma boa zona para ficar pois é possível ir a grande parte dos destinos de Lisboa, a pé ou de transportes, consoante prefira.

A Avenida da Liberdade tem também muitos restaurantes de qualidade (o famoso Solar do Presunto por exemplo), bares, cafés, teatros, etc. Esta é uma boa área para quem procura ficar numa zona elegante, mas cheia de vida devido a todo o comércio existe.

É uma zona óptima para viagens de negócios. Turistas que valorizam ir as compras e que não se importem de pagar para ficar em hotéis que dão garantia de conforto vão provavelmente adorar esta zona.

Onde ficar em Lisboa
Praça do Marquês de Pombal e o parque Eduardo VII

Melhores hotéis da Avenida da Liberdade

Entre os muitos hotéis 5 estrelas da zona da Avenida da Liberdade temos de destacar o Hotel Avenida Palace que fica optimamente localizado junto à Praça dos restauradores, bem perto da Baixa. Além disso, fica num espectacular edifício do século XIX e oferece um nível de conforto e de qualidade muito acima da média. Veja mais informação aqui.

Uma alternativa ao Avenida Palace é o Tivoli Avenida Liberdade Lisboa, que fica num edifício da década de 1930 na Avenida da Liberdade e dispõe de um bar no terraço do último piso com vista panorâmica para Lisboa. É excelente tanto para escapadinhas românticas como para viagens de negócios. Veja preços aqui.

Se preferir um hotel de charme a um hotel de uma cadeia internacional, sugerimos o Marino Lisboa. Fica a meio caminho entre Príncipe Real e a Av. Liberdade e é o típico hotel de charme com decoração detalhada e excelente qualidade de serviço. Escolha um dos quartos com banheira de hidromassagem para uma experiência superior. Veja aqui os preços.

Alfama/Castelo – A zona mais antiga de Lisboa

A zona de Alfama e do Castelo de São Jorge são as mais antigas de Lisboa, e fica na encosta Este da Baixa. Quando estiver chegar não terá dúvidas que está em Alfama. As ruas estreitas, de paralelos que se entrelaçam são completamente diferentes do resto da cidade – nota-se claramente o traçado típico das cidades muçulmanas ainda hoje em dia.

Se em todo o centro de Lisboa devemos evitar utilizar o carro, pois o transito é difícil e estacionar um pesadelo, em alfama é para esquecer. Não consigo imaginar sequer colocar lá o carro e depois tira-lo. Se tiver carro, não fique em Alfama! Mas também não precisa, Alfama fica mesmo ao lado da Baixa, tem imensas atracções turísticas.

Alfama sempre foi um bairro muito fechado ao exterior com características e alma muito próprias, e durante muito tempo foi ignorado pelos turistas e até pelos portugueses. Isto mudou nos últimos anos, gentrificou-se e é um dos destinos favoritos dos turistas. Actualmente uma grande parte dos apartamentos são alojamento local.

Melhores zonas para ficar em Lisboa
Bairro da Alfama em Lisboa

Melhor Alojamento de Alfama

Apesar de a variedade não ser muita, existe pelo menos um excelente hotel 4 estrelas em Alfama, o Memmo Alfama – Design Hotels. O seu rating soberbo no Booking não engana e a piscina exterior com vista para o Tejo muito menos! Veja fotos aqui.

Mas em Alfama o que não falta são apartamentos renovados, com decoração cuidado e que proporcionam uma estadia muito agradável, como Contador Mor Guesthouse, Dalma Old Town Suites, e o Alfama – Lisbon Lounge Suites. Como dizíamos, as opção são mesmo muitas e variadas.

Se quiser uma opção de alojamento mais em conta, o Hotel Convento do Salvador apresenta uma excelente relação qualidade/preço para um alojamento tão bem localizado. Veja os preços aqui.

Mouraria

A mouraria tem muitas semelhanças com Alfama, devido à antiguidade, e ruas apertadas, no entanto o processo de revitalização está bem mais atrasado. Há muito menos turistas, e muitos mais moradores. Até à pouco tempo era mesmo um bairro problemático, mas essa questão tem vindo a ser ultrapassada.

Devido à localização a Mouraria (fica perto de alfama e da Baixa) acaba por ser uma zona óptima para ficar, mas as opções de alojamento são muito menores e sobretudo apartamentos turísticos.

Assim, acaba por ser uma boa alternativa a alfama, ou até uma forma de ter uma experiência semelhante ao que seria alfama há alguns anos atrás. Ainda assim, alfama tem um charme, e muitas atracções que a Mouraria não tem.

melhores hotéis e zonas em Lisboa
Miradouro das Portas do Sol em Lisboa

Mouraria – Alternativa a Alfama

Na zona da Mouraria as opções são sobretudo apartamentos, mas temos de notar que existem bastantes opções ainda recentes e com poucas experiências ou com um avaliações menores, pelo que o risco é maior.

De qualquer forma, existem alguma opções com boa relação qualidade preço e que proporcionam excelentes momentos, como The Mouraria Apartment, o Sitio dos Cavaleiros Apartments e o Mouraria Apartments.

Graça – um bairro fora do trilho turístico

O bairro da Graça fica já bem fora do centro turístico de Lisboa, mas a uma distancia onde ainda é possível caminhar, se gostar mesmo de o fazer. Para chegar à zona da Graça temos de subir Alfama, e continuar a subir até chegarmos ao topo da colina. Avisamos já que é um percurso bem duro.

Dada a localização mais afastada do centro, e da menor procura, a Graça é uma zona bem mais barata e por isso ideal para quem quer poupar algum dinheiro tanto no alojamento como em refeições. A contrapartida é claro o tempo que se perde em deslocações. Por outro lado, o famoso trem 28 sobe até este bairro pelo que pode sempre fazer 2 em 1, apanhar o trem e ir para casa/centro.

Este é um bairro com menos turistas, e com menor oferta de alojamento, sendo que a maior parte são apartamentos

Melhores hotéis na baixa de Lisboa
O famoso Trem 28 – é a melhor forma para chegar ao bairro da Graça

Onde ficar em Lisboa – Graça?

Na Graça as nossas opções de alojamento são menores e ainda com menos variedade do que na Mouraria. Assim, nesta área de Lisboa, o mais importante é encontrar alojamentos que garantam qualidade mantendo aquilo que nos trouxe para cá, os preços mais baixos.

Assim as nossas sugestões vão para o Charme da Graça (provavelmente melhor guest house desta área), o Graça Terrace (apartamento óptimo para famílias ou grupos numerosos), Flor Liz (Bom apartamento para casal jovem) e a Casa da Travessa (excelente para casal com filhos ou grupos de 3 ou 4 pessoas).

Belém

A zona de Belém fica completamente fora do centro histórico de Lisboa, e por isso é muitas vezes esquecida como zona para ficar em Lisboa. No entanto em nossa opinião, qualquer artigo sobre Lisboa que não mencione Belém está incompleto.

Em Belém temos o monumental mosteiro dos Jerónimos, a torre de Belém, vários museus importantes e os ainda mais importantes pastéis de Belém. Mas tudo isto pode ser visitado num dia, e por isso mesmo normalmente os turistas ficam no no centro e vão a Belém de transportes públicos.

Assim, ficar em Belém implica apanhar transportes para ir ao centro, pelo que pode ser inconveniente. Por outro lado, significa ficar numa zona lindíssima, e aproveitar um lado diferente de Lisboa.

Na nossa opinião Belém é uma boa alternativa para quem quer ficar longe do caos do centro, ou quem já conhece bem Lisboa e quer experiência a cidade de forma diferente.

Melhores hotéis em Belém
Torre de Belém

Melhores hotéis em Belém

Se decidir ficar por Belém, a melhor opção é mesmo o Palácio do Governador, um hotel esplêndido num edifício cheio de história, como não podia deixar de ser, estando em Belém. Um verdadeiro 5 estrelas, premiado pela qualidade de serviço e conforto proporcionado. Veja os preços aqui.

Uma opção diferente é o Famous Crows Lisbon Suites, pois tanto oferece estúdios para várias pessoas como quartos. Fica muito perto dos Jerónimos e da Torre de Belém o que o torna uma opção ainda mais agradável. Veja toda a informação sobre este alojamento aqui.

Se quer uma opção mais barata sugerimos a Casa Amarela Belém, que tem um design muito agradável e preços mais acessíveis. No entanto, fica um pouco mais longe dos Jerónimos, a cerca de 1km. Veja os preços aqui.

Parque das Nações

Tal como Belém, o Parque das Nações ficam bem fora do centro e para lá chegar temos de usar transportes públicos. Ao contrário de Belém que oferece imensas atracções turísticas históricas, o parque das Nações é uma área recente.

As maiores atracções do parque das Nações serão o Oceanário de Lisboa, a torre Vasco da Gama e o teleférico, e toda a área ribeirinha que é extremamente agradável para se caminhar. Tudo isto foi construído para a expo-98 de Lisboa.

Apesar de receber alguns turistas, o Parque das Nações é sobretudo uma zona habitacional e para viagens de negócios. De certa forma, substituiu a Avenida da Liberdade nesse sentido, e por isso tem bastantes hotéis de qualidade, mas muito focados em viagens de negócios.

Aconselhamos o parque das Nações a quem está a viajar em negócios e a quem já esteve em Lisboa 2, 3 4 vezes e quer conhecer zonas fora das principais área turísticas ou ter uma experiência de como é viver em Lisboa. Notar que esta é uma zona com preços premium devido ao turismo de negócios e à procura interna.

Melhores alojamentos em Lisboa
Parque das Nações com vista à ponte Vasco da Gama

Alojamento no Parque das Nações

Tal como referimos anteriormente, grande parte da procura nesta região de Lisboa é por alojamentos de qualidade muito elevada. Assim, a oferta de hotéis de luxo é grande e variada. O MYRIAD by SANA Hotels é provavelmente o melhor hotel desta zona lisboeta. É um hotel moderno, com vistas panorâmicas, uma decoração original e coloria, e claro uma qualidade de serviço impecável. Veja os preços aqui.

Caso o Myriad seja um pouco de mais, existem diversos hotéis um pouco mais em conta mas que são também de excelente qualidade, como o Tivoli Oriente Hotel, e o Olissippo Oriente. Ambos muito virados para o turismo de negócios.

Alternativamente pode optar por um dos vários apartamentos de luxo que existem nesta zona, como o Your Lisbon Home Parque das Nações (excelente opção para grupos de grandes), Apt in Lisbon Oriente 25 – Parque das Nações (tem uma vista espectacular), e o Panoramic Living (com opções para grupos de 2-6 pessoas). Todos eles opções modernas e muito confortáveis.

Por último, e caso queira experimentar algo diferente, sugerimos o Tagus Marina. Este alojamento vai-lhe proporcionar passar a noite no rio, pois estará a alugar um barco. Tem opções de 3 a 6 pessoas, e os barcos têm tudo o que tem num apartamento, mas sobre água. Será com certeza uma experiência interessante. O rating de 9.5 no booking confirma que os hóspedes normalmente adoram este alojamento.

PIN

Onde ficar em Lisboa

Sharing is caring!